Põe no rótulo

MOVIMENTO PÕE NO RÓTULO

1891199_3888180418621_244231382_n

Retirado do face Macetes de Mãe:

Mães amigas, quero compartilhar com vocês uma causa super-hiper-mega-ultra importante que estou apoiando a partir de hoje: o movimento Poe no Rotulo. Através dele, um grupo de mães de filhos com alergia alimentar se uniu para exigir das companhias alimentícias rótulos mais claros com relação a todos os ingredientes contidos nos alimentos produzidos. Eu sou mãe de uma criança que teve APLV – Alergia à Proteína do Leite de Vaca – e sei o quanto é importante o esclarecimento desse tipo de informação, pois tanto o filho quanto a mãe não podem consumir os alimentos que causam a tal alergia sob risco de vida para a criança (se a mãe come e amamenta a substância que causa alergia vai para o bebê e em casos severos pode até levar à morte). Para quem quiser saber mais, leia abaixo ou acesse no Facebook.

Entenda o movimento >>  https://www.facebook.com/poenorotulo:
Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza… Somos um grupo de 600 mães espalhadas pelo Brasil inteiro. Em comum, a alergia alimentar de nossos filhos.
Nosso real problema hoje? Existe, nas indústrias, uma prática comum de compartilhamento de maquinário para produção de vários produtos e alimentos, com informações incompletas nos rótulos. Para quem não sabe, um alérgico alimentar corre risco de morte dependendo do seu grau de sensibilidade. Pense aí: e se fosse o seu filho?
Juntas, pela internet, nos mobilizamos: estamos lutando por informações claras nos rótulos dos alimentos. Queremos transformar a rotulagem de alérgenos uma realidade. Criamos uma campanha, #poenorotulo, para chamar a atenção das pessoas sobre isso. Em apenas um dia, tivemos 3 mil compartilhamentos no Facebook e mais de 40.000 tags.
Para quem não sabe, o problema da alergia alimentar tende a crescer em todo o mundo. Nos Estados Unidos, houve um aumento de 18% dos casos diagnosticados entre 1997 e 2007. Na Europa, estima-se que cerca de 17 milhões de pessoas apresentam alergia alimentar a algum alimento: leite, ovos, soja, trigo, oleaginosas…
Por isso tudo, defendemos que um rótulo claro e correto é bom pra todo mundo. Não só para o alérgico alimentar, mas para os diabéticos, os celíacos, as gestantes, pessoas com pressão e colesterol altos.
Pedimos a sua ajuda para embarcar com a gente nessa campanha: nos ajude com o #poenorotulo!

Anúncios

6 comentários sobre “Põe no rótulo

  1. Sou mae do Julio Cesar, com 4 mese de nascido descobrir que ele é alergico a APLV nossa até então nao conhecia nada sobre o assunto. começou meu desespeiro sou de uma cidade do interior não tem medico especifico, hoje ele tem 4 amos teve 4 crises severa por motivo de produtos que não espicifican no rotulo se contem traços ou a proteina do leite, este movimento me anima bastante consigo ver uma luz no final do tunel e nós chegaremos lá, na escola nossa é muito dificil graças a Deus a minha mae vai com ele p/ a escola, mais praticamente todos os dias ele incha o rosto e fica vermelho os olhos, pois a alergia dele é severa ele não pode nem inalar o cheiro de alimentos que tem leite.

    • Nossa Noemia, a alergia dele é séria mesmo hein =/ Infelizmente no ambiente escolar é bem dificil cuidar não é… Desejo que o Julio Cesar consiga viver cada vez melhor, sem tantas crises. Esperamos que a campanha seja ainda mais divulgada! Um abraço

  2. Eu sou APVL e IL desde pequena, sofri muito, a cada 2 meses estava de cama intoxicada, alias não sei como nada de mais grave me aconteceu, minha mãe me levou em inumeros medicos, ninguem descobriu! ou se esforçou para tal!

    Descobri dpois de ter uma crise muito forte aos 22 anos de idade, emagreci 9 klg em 1 mes, vivia com diarreia e nada para em minha barriga! foi terrivel! E quem desconfiou? Meu esposo! Pq nem eu imaginava q isso existia! Fui ao medico endocrinologista (num ato de desespero), não cheguei a fazer exames especificos, mas ele me orientou a fazer um teste de 1 mes, e que se eu melhorasse seria bem provavel, dito e feito! melhorei, Insisti algumas xs achando q ja estava “curada” e passava muito mal!

    Parei com tudo, 0 latose e proteina, pq alem da parte intestinal atacava todos os its possiveis.

    Mas mesmo hj 4 anos depois de saber, vira e mexe tenho crises, mesmo lendo embalagens de tudo, em casa não entra nada com Lactose e proteina.

    E alem dos alimentos ha muitos medicamentos com Lactose, e mesmo explicando aos medicos de sua alergia eles te passam medicamentos com Lactose, e farmaceuticos idem!

    #batalhasemfim

    • Nossa que história interessante. APLV é raro em adultos, diz minha médica… é verdade, em remédios também tem, pretendo em breve fazer um post sobre isso. Força em sua batalha!

  3. meu nome e paula,sou mae de uma menina de 5 anos que tem APLV+ uma asma gravissima.
    fruto da ultima internaçao,com 2 paradas respiratorias,4 dias no CTI e 3 no quarto.
    estou precisando de ajuda , medicos que trabalhem com essa especilidade e que atendam ao convenio AMIL.
    muito obrigado!!

    • Paula, se possível entre no grupo do facebook APLV e alergias alimentares, lá tem bastante gente que pode te ajudar com estes contatos! Boa sorte e saúde pra sua menina!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s