Dieta de exclusão para amamentar X Fórmula especial, que caminho trilhar?

Inspirada pelo post da Shirley do Macetes de Mãe http://www.macetesdemae.com/2014/07/mais-respeito-por-favor.html#comment-29735, gostaria de escrever sobre algo que me aflige a algum tempo, com relação ao Respeito ao próximo. Neste post, ela escreveu sobre as críticas que a cantora Sandy recebeu por escolher ter seu filho de cesárea. Leia no link sobre esta polêmica – aliás, a minha opinião é a mesma da Shirley, sem tirar nem por!

Enfim… qual a ligação com APLV afinal? Nesta mesma onda, às vezes temos este tipo de discriminação entre as mamães de bebês com APLV… entrar da dieta da exclusão e continuar a amamentação ou partir para as fórmulas especiais? Pois bem, eu admiro imensamente às mães que escolhem a dieta da exclusão para a amamentação! São mulheres de muita garra. Mas eu não consegui… Quando tivemos o diagnóstico da APLV com 40 dias de vida da Helena, eu já havia perdido os 15 quilos adquiridos na gravidez (considerando que, calculando o IMC, sempre na minha vida estive na curva do baixo peso praticamente desnutrida – e não por opção, por genética mesmo). Tinha pouco leite (meu peito nunca enchia, eu tinha que massagear por um tempo antes de colocar ela pra mamar senão nada saia)! Além disso, nos exames sanguíneos minha anemia voltara (em níveis baixos, mas voltara). Me sentia fraca e cansada (como qualquer mãe na quarentena). Como eu conseguiria entrar na dieta exclusiva (considerando que não é só cortar leites e derivados e sim cuidar com traços e tudo mais)? Naquele momento eu simplesmente não tinha forças… Pensei, refleti, chorei, chorei e decidi pela fórmula. Chorei mais e mais ao ver meu leite secar, quando tanto me preparei pra amamentar… mas acho que fui sensata, fui consciente, foi a melhor decisão pra minha filha e pra mim.

Portanto, penso que a decisão de entrar na dieta e amamentar ou comprar a fórmula especial deve ser da mãe, da família, e as outras pessoas precisam respeitar. Cada caso é um caso, não julguemos sem saber. O que uma mãe de alérgico mais precisa (além de informação correta) é apoio, é incentivo. É isso que tento fazer mantendo este blog. Seja qual for a sua decisão, que seja a melhor pra vocês. Boa sorte. Com carinho, Samanta.

Anúncios

Um comentário sobre “Dieta de exclusão para amamentar X Fórmula especial, que caminho trilhar?

  1. Excelente o seu post! Assim como o post do Macetes de Mãe! Nós vivemos uma época em que todos se sentem no direito de criticar as escolhas do outro, no mundo materno mesmo, virou moda, mas poucos se colocam no lugar da pessoa e sentem o que ela sente!
    Eu não fiz dieta quando descobri a APLV da Malu por orientação do alergista, não tinha o nível de informação que tenho hoje e, se pudesse voltar atrás, talvez eu tivesse tentado. De qualquer forma, concordo com você, só a mãe que passa pela situação pode saber qual o melhor para si e para o bebê.
    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s