O dia a dia da Helena e o surgimento de novas dúvidas

Minha filha é minha luz, tem quase 3 meses, sorri muito, brinca com as mãos, adora um colinho… é um bebê maravilhoso na maior parte do tempo.

Nos primeiros 20 dias do tratamento tudo estava bem, fezes cinza conforme o esperado e dos outros sintomas, nem sinal. Fez exames de sangue (de rastro) e deram negativos, mas apesar disso a alergista explicou que antes de 1 ano de idade é muito comum que deem falso-negativo e o que importa mesmo é a observação clínica.

Porém minha pequena, há quase 40 dias tomando o Pregomin Pepti, apresentou mudanças 😦 As fezes tornaram-se menos frequentes, liquidas e muito volumosas quando vinham – a cada 2 ou 3 dias, vazando pela roupa. Contorcia-se algum tempo após mamar, sem conseguir tirar sonecas maiores do que 30 minutos durante o dia.

A gastro diz para sair do Pregomin e ir pro Neocate, mas estou em dúvida, sem saber ao certo o que fazer. Mais uma vez, a internet tem me ajudado, pois desabafo e leio as opiniões de outras mães e assim consigo pensar mais claramente.

No momento a decisão é procurar mais uma opinião médica, com outro pediatra que (ouvi falar) entende muito do assunto… Vamos ver se depois de tantos médicos vamos conseguir encontrar alguém que me ajude a compreender melhor o caso da minha filha.

Mesmo assim, não desanimo, vivo um dia de cada vez e quando o desespero bate, ao pensar que minha filha poderá crescer com tanta restrição, penso que, na pior das hipóteses, ela terá uma alimentação muito saudável e controlada, o que só fará bem para a sua saúde. Talvez esta seja a maior lição que eu deva aprender.

Atualizando

Em poucos dias tudo voltou novamente ao normal e o novo pediatra disse para deixá-la no Pregomin, pois segundo ele criança com alergia ativa tem mudanças de comportamento – não dormem, choram muito, se mexem frequentemente etc. Concluímos que os gases eram da cólica dos 3 meses, normais em qualquer bebê, assim como as alterações de sono. As fezes pode ter sido uma leve virose ou reação à vacina do rotavírus. E a dificuldade do sono do dia era culpa da mamãe aqui, que a deixava dormir onde bem entendesse – quando passei a seguir as dicas da Encantadora de bebês colocando-a no berço no primeiro sinal de sono tudo já mudou…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s